sexta-feira, 20 de julho de 2018

Europeade


Admito que tenho dois handicaps impeditivos de ser bom programador cultural, sou viseense e não sou discípulo do dr. Sobrado. Declarada a minha santa ignorância, tenho de vos dizer que ainda assim um homem tem direito a sonhar (neste caso programar). Portanto, tendo em conta que na próxima semana se realiza o Europeade, acolhendo a cidade muito estrangeiro trajado à lavrador, não seria boa ideia a C.M.V aproveitar a mão-de-obra de modo a amanhar o Parque Urbano da Aguieira? Sempre se deixava o pessoal da CMV livre para a limpeza do IP3, enquanto se poupavam alguns euros para investimento estratégico em propaganda. Pensem nisto que eu não vou cobrar direitos de autor (saio mais baratinho ao município que o gabinete de comunicação). 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.