sexta-feira, 22 de maio de 2015

Despesa Pública


 O de Oeiras, o de Viseu e a equação por fazer.

2 comentários:

  1. Quando escrevi o texto era a pensar no "aborto ortográfico" mas a "falácia do custo irrecuperável" aka "efeito Concord" aplica-se ao Elevador do Viriato também, Miguel!

    Abraço e obrigado pela referência

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O nosso concord voa baixo, bem baixinho, mesmo abaixo do radar da discussão política.

      Abraço.

      Eliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.