segunda-feira, 27 de outubro de 2014

Aquém do Pavia

Sem guitarras e sem livros esta geração não passará do Pavia.

7 comentários:

  1. Esta música é sucesso em Moimenta da Beira, Castro Daire e Carregal do Sal. Grande som para matar aves e outros predadores.

    ResponderEliminar
  2. Mas não Miguel, estas escolas formam excelentes profissionais. Não se iluada com a má música que ouvem. Até os há como membros executivos na CMV. Há escolas a fechar, mas são boas. Muito boas, mas ninguém as quer. Mas acredite, são de elevada qualidade, muito exigentes. Não entre no jogo dos pseudo intelectuais que acham que Viseu não tem ensino superior. Esses que acham que talvez até tenha ensino médio, superior é que não. Era o que mais nos faltava entrar nesse discurso derrotista.

    ResponderEliminar
  3. Bem dito dr Almeida.
    Viseu enquanto acolhedora dos estudantes é realmente a melhor cidade para beber.
    E também é bem lembrado para não se limitarem a estudar e antes dar uma olhada no Kit. Pois claro! Então sem o guia dos bares e os after hours como podiam os estudantes ser bem acolhidos? É necessário passar pela bebedeira! Pois claro. Até ao nascer do sol! Colocar as pulseiras como marcas de posse que lhes dão os descontos em cerveja e que se lixem os livros!
    Este é o novo acolhimento desta administração! Andam os viseenses a pagar impostos para andarem a destruir a cidade, e não deixarem descansar ninguém.
    Então um pai manda para aqui um filho pensando que vai estudar e afinal, com tão altos patrocínios na bebedeira? Quem vai querer os filhos a estudar em Viseu?
    Tá bonito!

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fica apontamento que não gostou da música. ;-)

      Eliminar
  5. criticam por tudo e por nada.Viseu não é diferente das outras cidades com ensino médio superior.Parece que há por aí, muita invejajinha.Deixem-se de tretas.com essas criticas maliciosas. E nos anos passados como foi? melhor? não me parece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu amigo tem razão. Será um erro de avaliação dizer que em Viseu é diferente do resto do país ou reduzir a este ano ou mesmo reduzir a celebração à festa em si.

      Eliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.