quarta-feira, 18 de junho de 2014

Jardins Efémeros

Um roteiro para o homem moderno.

1 comentário:

  1. Eu diria que moderno é pouco, terá mesmo de ser mesmo altamente vanguardista!
    Que esta iniciativa continue a ter o sucesso que tem sido inteiramente merecido.

    ResponderEliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.