segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Guilherme com Olho de Gato

Concordo com quase tudo. O brinde -tipo Kinder Surpresa-, do ponto que procuro defender, está no quase e aplica-se unicamente à candidatura de Almeida Henriques. Se não tenho nada contra a adorável Ana Paula Santana, tenho tudo a favor do inequívoco Guilherme Almeida -líder de audiência incontestado deste blog, aplausos para ele. Guilherme Almeida, se a política local fosse arte, era um Van Goh em bruto, aquele que de quem nunca sabemos o que esperar, numa lista de Dalis que, como sabemos, apesar de esforçados, são uma seca monumental. Sem Fernando Ruas, Guilherme Almeida, apesar de tudo, ou melhor, por tudo o que representa é o derradeiro agregador de votos. Só um PSD verdadeiramente novo e enxuto teria a coragem de colocar Ana Paula Santana à frente de Guilherme Almeida. Mas não era a mesma coisa, pois não?  

5 comentários:

  1. Ó Miguel Fernandes,
    Ana Paula Santana está fora dos lugares elegíveis.
    Guilherme Almeida está num lugar com um ponto de interrogação.
    O tamanho desse ponto de interrogação vai crescer ou vai diminuir em Setembro?
    O busílis destas eleições está nesta pergunta do parágrafo anterior, pergunta que, de qualquer forma, não é "A" pergunta do milhão de euros.
    Nem pouco mais ou menos! Nenhuma pergunta sobre as autárquicas de Viseu tem uma cotação tão elevada.
    Já o que está em causa no Porto sim. Será que o eleitorado vai continuar a eleger doidos despesistas como Luis Filipe Menezes?
    O Olho de Gato gosta da Tribuna de Viseu. Obrigado pela referência.
    Grande abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Guilherme será eleito. E o despesismo, como sempre, está em alta. Abraço.

      Eliminar
  2. Comparar Guilherme a mestres verdadeiros é um verdadeiro insulto aos artistas.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dalí era uma seca, Guilherme não é!

      Eliminar
    2. Guilherme Almeida seca. Seca dinheiros públicos porque não sabe para mais. Plagiar é feio e uma desonestidade intelectual.

      Eliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.