terça-feira, 23 de julho de 2013

Razões a considerar na Sondagem


Ignorando as limitações de um estudo desta natureza- ver ficha técnica. Em termos brutos, ninguém tem a maioria. O povo demitiu-se da partidocracia a culpa, essa, cabe por inteiro às estruturas partidárias e ao caciquismo que raptou a democracia. Caro leitor-militante partidário, não estou a falar do seu adversário, estou a falar do "seu" partido. Olhe para os rostos que fazem a "sua" campanha, entenda o carneirismo univoco subjacente a todas as declarações. Na campanha do "seu" partido tudo varia entre o bom e o excelente, somos um grupo de "eleitos", não é? Pois é! Está lá tudo, nada disto é novo e já vinha no Camões.

 "A que novos desastres determinas
De levar estes reinos e esta gente?

1 comentário:

  1. Desastres à vista? Claro!

    Almeida Henriques parece ter recrutado para o seu elenco o "Grande Timoneiro" que tem levado ao declínio da Escola Sec. Alves Martins!

    Habilidoso na discricionaridade, apesar de perder rapidamente o reconhecimento entre os seus pares, ainda vai a tempo de se "safar" na Câmara.
    Talvez por isso só queira empossar o novo Conselho Geral da Escola (que lhe é desfavorável) em Outubro... percebem?

    ResponderEliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.