terça-feira, 7 de maio de 2013

Logo eu que não acredito no Pai Natal

Diário de Viseu: Refere-se às críticas que lhe são feitas em blogs e na internet?

F. Ruas: Sim, há gente que não gosta de mim nem que eu fosse o Pai Natal.

5 comentários:

  1. Eu ainda acredito que é o menino Jesus quem traz as prendas!

    ResponderEliminar
  2. Ou será o nosso amigo que não pode com quem lhe marca o passo?

    ResponderEliminar
  3. Se não fossem os blogs de Viseu a levantar vários assuntos isto ainda estaria pior. Os blogs locais de referência, onde se incluí a Tribuna são exemplos maiores de serviço público a favor de todos. Todas as opiniões devem ser respeitadas e ouvidas. Ruas teve tempo para aprender a fazê-lo.

    ResponderEliminar
  4. Ruas andou muitos anos descansado, com a oposição debaixo do braço.Foi surpreendido na reta final com o levantar de muitas vozes, que vindas não sabe donde, não consegue controlar; Quem conseguiu calar ursos e camursos, fazer reuniões da Câmara onde o povo é deixado à porta, A. Municipais dignas do canal História, é natural que fique nervoso, porque à medida que viu o seu poder crescer, cresceu também a impotência em pôr termo a este serviço público, quase clandestino, tais as consequências que, como nesse canal História, se sujeitam os atrevidos cidadãos que ousam criticar mesmo que positivamente Sua Excelência. Quando perder o poder e se cruzar com muitos dos que prejudicou,( a questão não é errar, porque isso é natural) terá tempo para reconhecer a arrogância, a prepotência e as injustiças.

    ResponderEliminar
  5. A vida dá muitas voltas. Ruas teve uma dinastia sem oposição que partilha com ele muitas das asneiras que cometeu. A oposição é também culpada por só agora Ruas estar preparado para a crítica. Valha-nos os blogs .

    ResponderEliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.