domingo, 1 de julho de 2012

Caixa de correio

Esta Tribuna, ao contrário do previsto, tem registado um aumento significativo de visitas diárias. Facto que estranho, mas agradeço! Com o aumento de popularidade, o e-mail (coluna ao lado) ressente-se. Nos intervalos da preguiça prometo responder a todos! Relembro, aos desatentos, que aceito: cheques ao portador, subornos, livros, iphones, álbuns de música, insultos, qualquer modelo da Alfa Romeo ou da agência da Fátima Lopes -apenas femininos, no caso da estilista- e pedidos de casamento se acompanhados de foto. Se os donativos forem significativos, prometo que faremos um jantar no Vimieiro, nas imediações da residência do Dr. Oliveira Salazar!


5 comentários:

  1. Caro Miguel,é curioso , e agora vanglorio-me eu, se deva ao meu comentário ao seu post, e não por qualquer outra razão( conta com 25 comentários julgo eu)pelo que o autoelogio que acima publica é pretensioso. Não o conheço como alguns dos seus apóstolos e seguidores enunciaram nesses comentários tal como não me conhece(m) a mim pelo que parece fácil pela quantidade de resposta que obtive,e não você, pelo que de forma a aliviá-lo deixarei de publicar respostas aos seus posts de forma a não o obrigar a sair do ócio, passando a escrever em nome próprio num blogue que a seu tempo lhe darei a conhecer e que espero lhe mereça a atenção retribuída que o seu me tem merecido.
    Respondendo a si e aos seus a conotação que me é feita com aparelhos, partidos ou câmaras e pessoas individuais é caricata pelo desconhecimento de quem sou enquanto cidadão informado mas distante de politicas activas de que sempre fugi. No entanto o provérbio diz que quem não se sente não é filho de boa gente e no meu direito de resposta repudio essas observações anónimas de quem oposicionista a câmaras ou partidos ou pessoas não aceita a crítica e a vê como exercício da politica baixa do este faz não sei quê, é afilhado de não sei quem, votava neste e naquele. Ainda não me debrucei na politica local visiense por falta declarada de conhecimento dos meandros mas estou certo que o farei mais tarde ou mais cedo. não estou disponível é para apontar o dedo da forma tão anomimamente fácil como o vi aqui nos posts de resposta ao meu comentário pelos que o conhecem a si mas não me conhecem a mim e julgaram de forma leviana e acusatória. A estes se me tempo for dado responderei individualmente mas esclarecendo que é possível defender Viseu sem apontar dedos. Estarei disponível para tertúlia séria sobre o assunto mas com pessoas disponíveis para aceitar posições diferentes das suas. Não almejo posições ou destaque, nunca tive pretensões políticas pois a política não é a mesma de Platão, mas por todo o lado e não apenas em Viseu, o exercício do compadrio e da cunha, que critico e de que fujo. Pelo que sentindo elogiado pelo destaque que me foi dado nos comentários aos seus posts vou deixar este espaço catequizador de oposição a tudo e todos. Se queremos uma sociedade meritocrática, elogiemos boas práticas e não nos limitemos a criticar porque uma boa ideia, venha de onde vier, é sempre uma boa ideia,
    Disse
    PS. atempadamente o informarei do blogue que entretanto criarei.
    Cumprimentos,
    Foi um prazer
    Orlando Santos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Caro Orlando,

      O aumento de visitas, não querendo entrar no auto-elogio, creio que se deve aos textos do Jornal do Centro e uma ou outra referência a este espaço noutros blogs (o facto do VSB ter reduzido o ritmo também "ajuda"). O meu post (espero que tenha percebido toda a ironia que nele existe) apenas se refere aos e-mails pessoais, não aos comentários (esses não dão trabalho nenhum). Agradeço que continue a comentar, se tiver opinião contrária ainda mais apreciarei. Se ler atentamente todo o blog perceberá que este tipo de aviso é comum e na generalidade o tom que aplico a mim próprio é autodepreciativo. Como deve imaginar os comentadores anónimos não conheço, se lhe respondem é porque o amigo os obrigou a sair da zona de conforto... e isso é positivo. Caso tenha disponibilidade de atentar neste espaço irá reparar que por aqui são avançadas ideias para uma cidade melhor. Desde já fica a porta aberta para divulgar o seu espaço, desde que abri a tribuna espero que apareçam mais blogues de direita, esquerda, centro e independentes, o debate será bem recebido. Se entender poderá usar o e-mail da Tribuna para me contactar.... e pela primeira vez serei eu a querer contactar um leitor (percebe a ironia?!

      Este é um espaço aberto a todas as opiniões.... mesmo às contrárias à minha. Disso não restem dúvidas.

      Espero ter noticias em breve e volte sempre.

      Eliminar
    2. Miguel, partilho da mesma opinião e venha de lá esse blog do amigo Orlando... é da discussão que se faz luz!
      Abraço e bom trabalho

      Eliminar
    3. O Fernando como poucos sabe a falta que mais blogues fazem.

      Por lapso, esqueci de referir que todos os e-mails são amáveis, mesmo o "Hate Mail" é gentil (digam agora que isto não é a melhor cidade para se viver!), apenas sofro de falta tempo e excesso de preguiça para responder a todas as solicitações, em tempo útil. Prometo que responderei a todos.

      Os comentários estão em dia, pois é só clicar em aceitar (se cumprirem os mínimos em termos de educação), por isso comentem.

      Volto a reforçar... Venha o blogue Orlando. Terei todo o gosto em divulgar, ler e comentar.

      Eliminar
  2. Para almejar tem de entrar no sistema e hoje para se entrar tem se de ser criativo!
    Um blogue nem é uma muito má ideia!
    Venha de lá o seu blogue que eu gosto é de luz e diferentes opiniões para tomar decisões quando não domino os assuntos!

    ResponderEliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.