quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

Sinais desanimadores



Leio, no sempre atento VSB, que a RTP se prepara para fechar a sua delegação local.
Confirmam-se os meus piores receios. A comunicação social definha e a pouca que sobra raramente cumpre. E o que seria cumprir?
Bom, cumprir seria deixar o poder instituído com urticária à espera da próxima edição. Quem não entende isto, não se deve admirar com os desmandos a que volta e meia assistimos. Quando não há quem ponha em sentido os diversos poderes locais, estes permitem-se a tudo. Se não a tudo, a quase tudo que os limites da sua curta decência impõem. Quem perde é a opinião pública.

De estranhar: Que os agentes políticos, poder e contra-poder, não tomem uma posição unívoca e de combate a este problema. Será que de algum modo esta situação dá jeito a todos?  

PS: Onde ainda existe alguma informação, articulada e válida, sobre o "enclave" viseense?  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.