domingo, 5 de fevereiro de 2012

Domingo visto do meu púlpito



Domingo, dia de igrejas cheias e devotos em celebração. Viseu, cidade antiga, morada de uma grande variedade de templos que, pela sua beleza e história, merecem uma visita atenta e prolongada. Sim, para quem não conhece os espaços religiosos da cidade, mesmo não possuindo um espírito dotado de fé, uma visita justifica-se. Os templos religiosos retratam uma boa parte da nossa história, da evolução do espaço público, contêm uma parte importante da nossa museologia, mitologia e são parte integrante da nossa cultura como povo. Não sendo crente, procuro visitar e conhecer as nossas igrejas, quanto à evangelização prefiro outras formas. Apresento Nick Cave, cantor e escritor com uma educação de base literária (proprietário de uma boa biblioteca), que não acredita num Deus pessoal ou intervencionista, mas inspirado nas escrituras sagradas, nas suas letras aborda temas como pecado, morte, vingança (olho por olho, dente por dente), justiça, redenção, salvação, fé e em algumas passagens, podemos ter, uma visão do inferno. A prova que velho e novo testamento podem ser misturados com Rock e Blues está em Nick Cave.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.