sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Nascer e adoecer em Viseu


A comissão politica do PS Local, emitiu um comunicado anunciando que 14 mil pessoas no concelho não têm acesso a um médico de família!

Leu bem catorze mil, ou seja, estamos a falar de, aproximadamente 13% da população!

Pelo que eu entendo, as unidades de saúde familiar (USF) são o local onde é suposto os utentes serem acompanhados ao longo das suas vidas (do berço até à cova!!).
O leitor, partilha da minha opinião ou estou dramaticamente equivocado?
Se estamos em sintonia também acha, como eu, que se as USF não funcionarem devidamente, ou existirem largos números da população excluídos, o estado não está a cumprir com uma das suas principais funções.
A propósito, devo lembrar que para a manutenção das USF nós pagamos impostos? Ainda continua comigo, caro amigo? Então, depois de levantar o queixo, deve estar a perguntar: E os excluídos? Sim, o que é feito deles? Bem... a única solução para os excluídos, é recorrer às urgências, pondo em causa a rapidez de atendimento e o bom funcionamento das mesmas. Sendo, um dado adquirido, que uma ida as urgências sai mais cara ao erário público, do que uma visita a uma USF. Sim, voltou acertar, esse diferencial de financiamento é coberto pelo dinheiro, graveto, carcanhol ou massa, que vem directamente dos nossos bolsos através dos "nossos queridos" impostos. Os tais, que nós a custo pagamos.
De acordo com os números agora apresentados, no nosso concelho, essa função do estado está a ser posta em causa.
As perguntas que eu ponho, estando certo que o leitor também, são:
- O que vão fazer as entidades locais, a respeito disto?; Os deputados no parlamento vão-se levantar e colocar a questão alto e em bom som?; Se tudo ficar na mesma, cabe ao povo manifestar-se?
Na resposta, a estas questões, não pode haver fraqueza, os nossos representantes têm de cumprir com Viseu. Por isso votámos neles!! Se pensarem bem, 13 % são muitos eleitores... não são?


1 comentário:

  1. nunca pensei que fossem tantos sem médico de familia!!viseu esta mesmo mal...e pensar que eu faço parte desses 13%!!s.g

    ResponderEliminar

Exceptuando casos de linguagem imprópria, todos os comentários serão aceites.